logo psicologias online
logo psicologias online
Sobre o autor: Augusto Felizola Garcez Graduado em Psicologia. Psicoterapeuta. Tem interesse em filosofia, literatura e espiritualidade. Dedicado ao ser humano. Contato: [email protected]

Sobre o psicologias online: somos uma plataforma que conecta pessoas a psicólogos almejando uma vida plena. Buscamos soluções psicológicas online para nossos clientes: uma visão atual e fácil para você atingir um desenvolvimento pessoal. 

A depressão se caracteriza por um olhar pessimista para a vida, uma tendência ao isolamento por falta de vontade de se relacionar. Quem sofre com a doença muitas vezes tem a percepção do espaço tempo alterada. O tempo demora, com isso também há desesperança em não esperar nada da vida.

Com isso vem a experiência de vazio e tédio provocando enorme mal-estar. O vazio também pode ser experimentado com o sentimento de culpa, culpa por não conseguir se curar.

Se a depressão é doença, significa que podemos adoecer a qualquer momento, nada nos torna imune. Ao mesmo tempo enquanto doença, possibilita o tratamento. A depressão embora doença, exige do doente que ele também participe do processo de cura, que não acontece de forma mágica.

É preciso olhar para o futuro, dando sentido à existência e perceber que sempre vale a pena viver, depois da noite escura sempre há o amanhecer.

A depressão

Enquanto doença, precisa ser diferenciada da tristeza. A tristeza acontece naturalmente diante de uma perda, seja ela real ou imaginária, precisamos da tristeza para elaborar o significado daquilo que perdemos. O problema da tristeza é ela não ser aceita em uma sociedade que vive em busca do prazer.

 A causa da depressão poder ser endógena, quando nosso organismo diminui a produção dos neurotransmissores possibilitadores da alegria, mas a causa também pode vir de fora.

A depressão é uma epidemia, muito falada e comentada, mas falar novamente também pode ser uma maneira de ajudar quem está sofrendo. Como doença tem registro de diagnóstico desde a Grécia antiga com Hipócrates, ainda chamada como melancolia, que significa bílis negra, com a medicina moderna passou a se chamar depressão, do latim deprimere, puxar ou pressionar para baixo.