logo psicologias online
logo psicologias online

A seguir, precisamos refletir sobre o que está faltando em nossa bagagem de mão e tomar as providências para completá-la. Você não viaja sem levar dinheiro, documentos ou escova de dentes, não é mesmo?


De maneira análoga, podemos pensar em alguns elementos que deveriam ser permanentes em qualquer bagagem de mão psicológica: autoestima, valores éticos, determinação para enfrentar os desafios da vida etc.

A orientação psicológica pode ser de grande ajuda nesse processo. Pense nisso!

Sobre a autora: Ana Lúcia Pereira atua como psicóloga clínica desde 2001 e como professora universitária em cursos de graduação e pós-graduação desde 2005. Cursou especialização em Recursos Humanos na Gestão de Negócios, é Mestre em Psicologia da Educação e cursa o doutorado na mesma área pela PUC/SP.

Sobre o psicologias online: somos uma plataforma que conecta pessoas a psicólogos almejando uma vida plena. Buscamos soluções psicológicas online para nossos clientes: uma visão atual e fácil para você atingir um desenvolvimento pessoal. 

Limpe a sua bagagem de mão

Nesses momentos percebemos a urgência de revisar nossa bagagem de mão e nos impressionamos com a quantidade de coisas que deveriam estar em outro lugar ou até mesmo no lixo, e não em nossa bagagem de mão: o panfleto que alguém nos entregou, o papel de bala que guardamos até encontrar a próxima lixeira e lá ficou esquecido, as contas pagas que deveriam estar guardadas em casa, e por aí vai.

Da mesma forma que a bagagem de mão real, também carregamos uma bagagem de mão psicológica, que está preenchida com nossos valores, padrões de comportamento, pontos fortes e inseguranças, medos, lembranças de experiências de sucesso e de fracasso.

  • Você já se sentiu "travado" na vida?

  • Já sentiu que todos estão mudando e você ainda está parado na sua forma de pensar?

  • Talvez ao contrário sinta-se mudando demais sem valores, hábitos e emoções mais permanentes?


Se você respondeu sim para algumas destas perguntas fique calmo: você não é o único. Confira o artigo para se entender melhor e ver o que é possível fazer para se "destravar".

Quando saímos de nossas casas, para uma viagem, nosso trabalho ou mesmo um curto passeio, costumamos carregar alguma bagagem de mão, que pode ser uma bolsa, uma mochila ou, quem sabe uma pasta de trabalho.

Entretanto, nem sempre paramos para pensar sobre o que carregamos nessa bagagem e, quando resolvemos fazer uma limpeza, descobrimos que nela estávamos levando coisas desnecessárias, coisas que talvez tenham sido úteis em outro momento e também muitas “tralhas”...

Ocorre que quando carregamos grande quantidade de coisas inúteis, não conseguimos encontrar rapidamente o que precisamos. Quem nunca precisou retirar todo o conteúdo da bolsa ou mochila para finalmente achar o celular ou a chave do carro?
Quando a bagagem de mão psicológica está “bagunçada”, repleta de padrões que, ainda que tenham sido úteis no passado, já não fazem sentido no contexto atual, nosso desenvolvimento pessoal e profissional é prejudicado.

Assim como o celular ou a chave do carro, nosso potencial de crescimento está na bagagem, porém pode estar perdido entre uma série de paradigmas, preconceitos e sentimentos como medo e frustração.

A primeira etapa da limpeza da bagagem de mão psicológica é o exercício do desapego. Isso porque tendemos a nos apegar a alguns padrões e hábitos que muitas vezes impedem ou, no mínimo, atrasam nosso crescimento, daí a necessidade de jogar fora aquilo que não serve mais.