logo psicologias online
logo psicologias online
Tratamento

O tratamento de condições de disfunção do orgasmo feminino pode se dar por duas vias. A primeira delas deve ser realizada ao lado de um médico ginecologista, para traçar possíveis disfunções físicas relacionadas ao funcionamento do órgão sexual.

Deve haver, ainda, um estímulo ao diálogo aberto em relação ao sexo e à estimulação, uma vez que muitas mulheres não possuem conhecimentos no assunto. Esse diálogo pode ser feito tanto na presença do ginecologista, quanto por meio de terapia.

Os encontros terapêuticos são voltados ao tratamento de sintomas do transtorno, como a extrema procura por controle e medo de estar vulnerável. Pode-se, por fim, ajudar a paciente a lidar com quadros de ansiedade precursores ou decorrentes dessa condição.
atendimento psicológico online
mulher olhando para o lado com as mãos no ombro
O que ocorre?

Elencamos uma série de sintomas e sensações experimentadas pelas portadoras desse transtorno, que podem ser distintivas:

● Dificuldade ou incapacidade de atingir o orgasmo
● Recusa ao ato sexual
● Ansiedade, medo e frustração
● Distúrbios físicos, como danificações nervosas
● Medo de se tornar vulnerável
● Necessidade de controle excessivo sobre o ambiente
curso código prazer
Quais são as causas?

Os fatores que causam o aparecimento do transtorno do orgasmo feminino podem ser diversos. Existem elementos ambientais e situacionais, como o encerramento do ato antes que a mulher atinja o ápice de excitação ou até fatores de comunicação falhos entre ambos
os parceiros.

Quando temos um agravamento significativo do transtorno, entretanto, é mais provável que alguns dos fatores psicológicos estejam afetando o desempenho. Dentre os principais deles, estão históricos de associação de situações aversivas ao ato sexual.

Em estudos mais aprofundados sobre esse transtorno, há a influência distintiva de abusos sexuais como precursores do transtorno. A ansiedade também pode exercer influência no momento do orgasmo, assim como outros transtornos emocionais.

Problemas de orgasmo na mulher

curso método mulher com libido
rosto de mulher com mão no pescoço
O que é o transtorno do orgasmo feminino?

A consequência do estímulo sexual é o ponto de ápice, ou seja, o orgasmo. Entretanto, em mulheres com essa disfunção, um atraso significativo pode ocorrer. Em alguns casos, a mulher nunca consegue chegar ao orgasmo, mesmo com o nível de estimulação correto. Devemos pontuar que não atingir o orgasmo em situações determinadas é algo normal. As mulheres que possuem esse transtorno não conseguem chegar a esse ponto em nenhuma das vezes. Muitas delas, como consequência, possuem um histórico de relações sexuais insatisfatório.

Precisamos pontuar, também, que o orgasmo não torna o ato sexual insatisfatório para algumas mulheres. Temos uma estruturação mais concreta do transtorno quando esse impedimento realmente começa a causar impacto na vida sexual. Se a mulher tem orgasmos raramente, e isso não se torna um problema, podemos afirmar que o transtorno não tem efeito significativo.
Maria Cristina Lopes | Psicóloga CRP5/47829
Mestranda pela Universidade de Coimbra e criadora do Psicologias Online
"Todos podem viver uma vida mais plena!"

Contatos: [email protected] / +5521993053432
maria cristina lopes
nove dicas para aumentar sua autoestima
transtorno do orgasmo feminino

O orgasmo geralmente está relacionado a muitas variáveis, como o ambiente em que a pessoa está inserida, as condições do momento, o relaxamento e o histórico individual. Entretanto, existe um transtorno associado à capacidade de ter orgasmos.


Para entender mais sobre esse transtorno e suas características distintivas confira o artigo a seguir:

transtorno do interesse/excitação sexual feminino