logo psicologias online
logo psicologias online

Transtorno de ansiedade social

mulher olhando através de vidro com a mão no rosto
O que é o transtorno de ansiedade social?

Existem diferentes tipos de transtornos de ansiedade. Praticamente todos eles apresentam sintomas de aversão, medo e intenso sofrimento, associados também a sintomas físicos. O transtorno de ansiedade social, também conhecido como fobia social, é um tipo de condição extrema de ansiedade.

Essa condição é caracterizada por reações críticas ao contato com outras pessoas, em que a pessoa se sente vulnerável na presença dos outros. Na realidade, o portador tem medo de ser julgado a todo momento e de passar vergonha em situações sociais.

Devemos pontuar que é normal ter reações nervosas e sentir vergonha em determinadas situações sociais. Pessoas mais tímidas passam por isso com frequência, mas não quer dizer que elas possuam o transtorno. A situação começa a ficar perigosa apenas quando envolve crises de ansiedade, pânico e um impacto negativo nos relacionamentos interpessoais de forma geral. 
orientação psicológica online
maria cristina lopes
oito passos para viver uma vida com mais significado
Causas e fatores de risco

Não sabemos exatamente quais são as causas do desenvolvimento desse transtorno. Na verdade, isso vai depender do histórico de relacionamento social de cada um, e das punições ou desconfortos associados às situações sociais ao longo da vida. 

Podemos pontuar alguns fatores de risco, já observados na literatura especializada. Primeiramente, precisamos falar da genética: de fato, as condições de maior sensibilidade aos contatos interpessoais podem ser advindas de predisposições genéticas.

Além disso, alguns episódios de trauma social condicionam o aparecimento desse transtorno, como o bullying na infância, presença de abusos, conflitos acentuados na família e alta taxa de rejeição social na infância.
Maria Cristina Lopes | Psicóloga CRP5/47829
Mestranda pela Universidade de Coimbra e criadora do Psicologias Online
"Todos podem viver uma vida mais plena!"

Contatos: [email protected] / +5521993053432

O transtorno de ansiedade social pode ser encontrado com frequência em pacientes de tratamento psicológico. Entretanto, o diagnóstico pode ser difícil de se realizar individualmente, dada a relatividade de sintomas experimentado por diferentes pessoas.

Para te ajudar, separamos um conteúdo explicativo sobre o transtorno de ansiedade social. Assim, você pode tirar suas dúvidas e entender o que fazer se existirem indicativos dessa condição.


transtorno de ansiedade
curso controle de ansiedade
duas mulheres bebendo café e conversando sentadas no sofá
mulher sorrindo e flores
Sintomas frequentes

Para te ajudar na identificação, elaboramos uma lista de sintomas característicos do transtorno de ansiedade social.

● Ansiedade associada a situações sociais
● Ataques de pânico
● Medo de interagir com estranhos
● Medo e aversão a críticas
● Preocupação excessiva com julgamentos e possibilidades de humilhação
● Vermelhidão no rosto
● Sudorese excessiva
● Boca seca

É interessante pontuar que as fracas habilidades sociais só se tornam um problema quando estiverem causando incômodo e prejuízos na vida cotidiana. Ser mais recluso e tímido não é um diagnóstico diferencial, apenas um fator de propensão.
Como tratar?

A psicoterapia é o melhor modo de tratar o transtorno, sendo o modelo de terapia cognitivo-comportamental o mais indicado. Durante o atendimento, o profissional vai analisar as situações, dando uma perspectiva mais racional aos pensamentos e medos do paciente.

É essencial, ainda, investir em modos de estímulo do autoconhecimento e autoconsciência. Assim, a pessoa pode se enxergar em maior contato com a realidade, retirando o componente de ansiedade que domina os portadores de transtorno de ansiedade social. Por fim, mais tarde, o psicológico pode reinserir essa pessoa em relações interpessoais aos poucos.
transtorno do pânico